Teresina Diário - Conteúdo interativo de notícias, vídeos, esportes, lazer, blogs e jornalismo
10/08/2017 - 16:04 hs

Grupo Matizes realiza oficina no sábado

A oficina é uma das ações do Projeto

O Grupo Matizes realiza no sábado (12/08) a  oficina ‘Sexualidade e prevenção das IST’s na palma da mão’. A atividade acontece a partir das 8h, na Associação dos  Surdos de Teresina.  A assistente social Thâmara Beatriz Vilanova será a facilitadora da oficina, quem tem como público-alvo pessoas surdas.

A oficina é uma das ações do Projeto "a gente quer viver pleno direito", executado pelo Matizes, com apoio do Fundo Posithivo. Segundo Herbert Medeiros, coordenador do Projeto, os conteúdos a ser trabalhados pela facilitadoras serão divididos em dois módulos: I) Diversidade Sexual e suas vivências nas interações socioculturais. "Com essa atividade, espera-se compartilhar saberes e vivências sobre   promoção da saúde e prevenção para pessoas surdas", pontua Herbert. 

A segunda parte da oficina ocorrerá no dia 26 deste mês,  dentro da programação da 13ª Semana do Orgulho de Ser. Na oportunidade, serão trabalhados os temas:desconstrução de preconceitos e discriminações relativos  à orientação sexual; sexualidade e respeito às  diversas formas de amar.

SOBRE O PROJETO A GENTE QUER VIVER PLENO DIREITO:

O Projeto "A gente quer viver pleno direito é executado pelo Grupo Matizes desde junho de 2017. Tem como público-alvo LGBT e PVHA, atuando em duas frentes: I) Realização de ações educativas e de promoção da saúde, através de oficinas, incentivo à testagem rápida; II) Ações de advocacy, através da articulação com órgãos públicos e entidades da sociedade civil, visando assegurar direitos para LGBT e pessoas vivendo com HIV/AIDS, quer seja através criação/efetivação de dispositivos legais, quer seja através de orientação jurídica em caso de violação de direitos.

 


 









Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*