Teresina Diário - Conteúdo interativo de notícias, vídeos, esportes, lazer, blogs e jornalismo
12/08/2017 - 14:04 hs

Garoto de nove anos é selecionado para jogar no time Vasco da Gama

A promessa de se transformar num atleta de futebol profissional, nasceu no povoado Mandacaru, São Julião-PI

Por Cristiane Ribeiro

Everton e o pai, o professor e jogador Joaquim Neto – Imagem: Prof. Francisco de Assis Sousa

A cultura popular diz que “filho de peixe, peixinho é”. Esse adágio se encaixa no atual momento vivido pelo garotinho, Everton Pereira Gonçalves, 09 anos, selecionado pelo Clube de Regatas Vasco da Gama, em teste realizado na manhã do dia 05 de agosto de 2017, na cidade de Alegrete do Piauí.

A promessa de se transformar num atleta de futebol profissional, nasceu no povoado Mandacaru, São Julião-PI, no dia 01 de julho de 2008, é filho do professor e jogador de futebol, nas horas vagas, Joaquim Gonçalves Neto, o Joaquim Neto, 36 anos, conhecido nos campos de futebol de toda macrorregião, e da dona de casa, Maria Pereira Marques.

 

Everton gosta muito de futebol. A bola é o seu brinquedo favorito desde os 06 anos quando o pai matriculou-o na EFA – Escolinha de Futebol de Alegrete – na cidade de Alegrete do Piauí, com o professor João Sousa. Depois, frequentou, por algum tempo, outra escolinha, desta vez, na cidade de São Julião-PI.

“A inteligência, o raciocínio rápido e a obediência tática, talvez tenha sido as características principais que fez o olheiro do clube carioca escolher, num universo de mais de 100 crianças, o nome do Everton, entre os 4 selecionados”, disse orgulhoso o pai do garoto, que classifica também a rapidez, a habilidade na condução da bola e o bom passe como outras características do potencial jogador.

A família está muito feliz com esse resultado, afirmou o genitor. Agora, Everton aguarda, ansioso, a chegada do dia 07 de setembro, quando embarca para o Rio de Janeiro onde passará por um processo de avaliação pelo período de 10 dias, em intenso treinamento, no Gigante da Colina.

“Ele viajará sem nenhuma obrigação. Não irei pressioná-lo de forma alguma. Desejo que veja o futebol, neste momento, como uma diversão sadia, prazerosa, conforme a sua idade. Porém possui grande chance de ficar e ser jogador do Vasco da Gama. O que tiver ao meu alcance, farei para vê-lo atingir o sucesso”, pontuou Joaquim Neto.

 

Fonte: Prof. Francisco de Assis Sousa

 









Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*