Teresina Diário - Conteúdo interativo de notícias, vídeos, esportes, lazer, blogs e jornalismo
20 de fevereiro de 2014 18:28

Lançamento do Artes de Março 2014: Homenagem a Torquato Neto e Tropicalismo

Por Circulando

banner01_circula

 

 

Consagrado como o principal festival de arte a cultura de Teresina, o Artes de Março, realizado anualmente pelo Teresina Shopping, comemora seus 15 anos de existência em 2014. Este ano, tem o importante papel de reviver uma das principais épocas da cultura brasileira: o movimento Tropicalismo.

 

Para alcançar uma máxima autenticidade do movimento, as atrações foram cuidadosamente escolhidas. Logo na abertura, dia 8 de março (em que se comemora também o Dia Internacional da Mulher), quem sobe ao “Palco Sem Fronteiras” para abrir o festival é Arnaldo Antunes.

 

Vitrine2

 

Nos dias seguintes o evento continua com grandes atrações locais e nacionais e divide-se em duas semanas especiais. A “Semana Torquato Neto”, de 10 a 16 de março, homenageia um dos mentores do Movimento Tropicalista neste ano em que completaria 70 anos: prestam tributo Ana Cañas, Validuaté, Teófilo & Banda, Orquestra Sinfônica de Teresina e o grupo de teatro Le Ballet Studio de dança. Depois, de 17 a 23 de março, a “Semana Tropicália” leva ao palco o grupo nacional Os Mutantes, as bandas locais Audiotape e Luana Campos & Ostiga Júnior, além do Espetáculo Geléia Geral.

 

IMG_9136_w

 

No evento de lançamento do Artes de Março 2014, que aconteceu no pátio principal do Teresina Shopping, nesta quinta-feira (20), às 9h, o Superintendente do Teresina Shopping, Fernando Oliveira, expressou algumas palavras de memória e reflexão sobre a importância da temática escolhida para este ano: “A época em que vivíamos era de uma repressão militar muito rígida, aonde pôde surgir esse movimento muito importante, que mudou culturalmente as nossas ações quando éramos jovens. Torquato Neto foi cedo pra Salvador e teve a felicidade de estar com grandes cabeças assim como ele (Gilberto Gil, Caetano, João Gilberto e outras pessoas muito interessantes). E nada mais justo que nós prestarmos um homenagem para este piauiense, que, na época era considerado um ‘anjo torto’, mas que hoje pra gente, pra nossa cultura ele é um ‘anjo do bem’.”

 

 IMG_9152_w

 

O Maestro Aurélio Melo, da Orquestra Sinfônica de Teresina, também expôs o que pensa sobre o tema: “A ideia do Tropicalismo vai ser um resgate muito interessante, não só por ter sido um movimento que mexeu com a cultura brasileira, mas também porque ela praticamente lançou um artista piauiense. Nós, artistas da terra, estamos tentando dar uma conotação maior ao nosso artista Torquato Neto. Tropicalismo é uma geleia geral de ritmos, de pensamentos e que realmente modificou o comportamento da cultura brasileira.

 

IMG_9166_w

 

O arquiteto Paulo Vasconcelos finalizou com as palavras: “Mais uma vez essa casa abre o seu espaço para acolher as artes, da forma que esta edição é especial não só por esta justa homenagem a Torquato Neto, como também por ser uma edição ampliada, onde teremos um conjunto de exposições muito significativas que vai tocar profundamente a nossa memória cultural. A principal exposição será em torno da obra de Fernando Morse, que considero um dos gênios das artes aqui em Teresina, e que infelizmente não é tão lembrado. Estamos fazendo uma pesquisa bastante aprofundada para homenagear este que é um dos grandes expoentes das artes plásticas no Piauí. Esta exposição e todas as outras estarão dispostas no espaço que denominamos “Torquato Neto”, na portaria nº 4, onde várias lojas estão sendo adaptadas para tais galerias.

 

Uma outra exposição chamada “Torquatália 82″, vai resgatar uma exposição comemorativa de 10 anos de morte de Torquato Neto, que foi realizada no teatro 4 de Setembro em 1982. Esta exposição tem a curadoria de George Mendes, e da viúva de Torquato (Ana Araújo Duarte), que possui caráter histórico, fundamental em nosso cenário cultural.

 

Mais do que um evento que leva música, dança entretenimento, exposições bate-papos, e agora, cinema, à população de forma gratuita e acessível, o Artes de Março traz à tona, a cada ano, um movimento da nossa cultura ou homenageia um dos nossos grandes ícones da música popular brasileira.

 

Publicação e fotografia: Júnior Alencar Magrafil

 

Foto histórica com diversos jornalistas, colunistas e cerimonialistas de Teresina
Foto histórica com diversos jornalistas, colunistas e cerimonialistas de Teresina
Foto com algumas bandas locais: Ostiga Junior, Luana Campos e Audiotape
Foto com algumas bandas locais: Ostiga Junior, Luana Campos e Audiotape

IMG_9145_w IMG_9144_w

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*